You are here

Cruzamentos: Contemporary Art in Brazil Opens February 1

Cruzamentos: Contemporary Art in Brazil Opens February 1

Fri, Jan 3, 2014

=== en ===


Ver em Português

February 1–April 20, 2014, the Wexner Center for the Arts will present the major exhibition Cruzamentos: Contemporary Art in Brazil, among the most ambitious exhibitions in the center’s 25-year history. Occupying the entirety of the center’s four galleries, as well as a site-specific installation created especially for this show by Lucia Koch in the center’s lobby, Cruzamentos is the result of more than three years of curatorial research and travel by Wexner Center staff to Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Belo Horizonte, as well as less traveled urban centers in Brazil. With 80 artworks by 35 artists (many of whom have never widely exhibited in the US), working across virtually all genres and a full range of artistic practices, Cruzamentos represents the largest exhibition of contemporary Brazilian art ever to be presented in North America.

The exhibition is made possible by a generous grant to the Wexner Center from The Andrew W. Mellon Foundation in 2011, which allowed the Wex to embark on an in-depth look at contemporary visual and media arts culture of Brazil, concentrating on the almost 30 years of artistic production in Brazil since the fall of the dictatorship in 1985. The ongoing initiative—called Via Brasil—also includes a major film series, a website (www.wexarts.org/viabrasil), a translation of writing by film critic Paulo Emílio Sales Gomes, an academic symposium, a graduate-level seminar at Ohio State, and performing arts events, among other projects.

Cocurated by the Wexner Center’s Jennifer Lange, curator of the center’s Film/Video Studio Program, and Bill Horrigan, the center’s curator at large, along with the distinguished contemporary art historian and independent curator Paulo Venâncio Filho (a professor at Universidade Federal do Rio de Janeiro), Cruzamentos features artwork by artists who are relatively young, well-known, and highly respected in Brazil, if not yet globally. Cruzamentos includes a full range of artistic practices—painting, site-specific installations, photography, sculpture, and moving image works—a number of which are being produced specifically for the exhibition. Visual artists in Brazil commonly move freely and urgently among various mediums, and Cruzamentos reflects that improvisatory impulse, as it does the equally distinctive repurposing of nontraditional materials—often domestic objects put to unexpected but striking use.

Wexner Center Director Sherri Geldin says, “So much of what the world has come to know of Brazilian culture is rooted in the ‘neo-concretism’ or ‘tropicalia’ movements of the 50s and 60s—both of which remain incredibly influential today. In conceiving Cruzamentos, Wexner Center curators chose to focus on visual and media art created over the last 30 years—during a time of significant political, economic, and social transition. And while international art fairs, biennales, and the like have brought world attention to a select handful of Brazilian artists working today, this exhibition is meant to shed light on a wider array of artists and on broader cultural impulses coursing through this exceedingly complex and diverse nation.”

Notes Lange, “The word ‘cruzamentos’ translates literally as ‘crossings’ or ‘intersections,’ but in Brazil, it also refers metaphorically to the mixing of cultures and ethnicities that renders the country so distinctive. Cruzamentos aims to extend that metaphor to contemporary art, focusing on artists whose practices and influences are as varied as the social, racial, and geographical landscapes of the country itself.”

ARTISTS

Artists featured in Cruzamentos include Márcio Almeida, Jonathas de Andrade (in residence), Claudia Andujar, Luiza Baldan, Brígida Baltar, Laura Belém, Tatiana Blass, Rodrigo Braga, Gisele Camargo, Leda Catunda, Cia de Foto (a collective), Marcelo Cidade, Theo Craveiro, Alexandre da Cunha, José Damasceno, Marcius Galan, Alair Gomes, Fernanda Gomes, Cao Guimarãres, Lucia Koch (in residence), Detanico and Lain, Jac Leirner, Cristiano Lenhardt, Cinthia Marcelle, , Vânia Mignone, Beatriz Milhazes, Odires Mlászho, Maria Nepomuceno, Caio Reisewitz, Rosângela Rennó, Dias & Riedweg, Regina Silveira, Adriana Varejäo, Erika Verzutti, and Marcia Xavier.

RELATED EVENTS

Cruzamentos-related events include artist talks, free exhibition tours from Wexner Center docents and others, family-friendly programs, an Ohio State University Faculty/Staff Appreciation Day supported by Fidelity Investments, performing arts programming, and more. A major symposium on contemporary Brazilian visual art is also slated for March 26 and 27, 2014, and one surrounding Paulo Emílio Sales Gomes’ work is planned for fall 2014.

Chris Stults, associate curator of film/video, has organized Cruzamentos: Contemporary Brazilian Documentary Film, a major documentary film series in conjunction with the exhibition. With nearly two dozen feature films and nine short films, many of which have received little to no exposure in the US, the series will run February through April, 2014 at the Wexner Center before touring elsewhere.

CATALOGUE

A fully illustrated catalogue, portions of which will appear in Portuguese as well as in English, will accompany Cruzamentos, with essays by Venâncio Filho, Lange, Horrigan, and Stults as well as by Cristiana Tejo, independent Brazilian curator and former director of Museu de Arte Moderna Aloíso Magalhães in Recife. The catalogue will also include entries on the individual artists (many by Brazilian art historian and Mellon postdoctoral fellow for Via Brasil, Denise Carvalho) and document three creative residencies for Brazilian filmmakers and video artists central to the Via Brasil initiative: two by artists represented in Cruzamentos (Jonathas de Andrade and Lucia Koch), and Gabriel Mascaro, selected as the result of an institutional collaboration between the Wexner Center and the São Paulo-based video art festival Videobrasil (the first partnership ever undertaken by Videobrasil with a North American institution). Because of the premium Cruzamentos places on new and site-specific projects, its 200-page catalogue is scheduled to appear midway during the exhibition’s run, so as to allow for photographic documentation of those works in the center’s galleries.

=== pt-br ===

View in English

Columbus, OH—3 de janeiro, 2014—De 1 de fevereiro a 20 de abril de 2014, o Centro Wexner para as Artes apresentará a importante exposição Cruzamentos: Arte Contemporânea no Brasil, um dos mais ambiciosos projetos dos 25 anos de história do Centro. Ocupando todas as quatro galerias do centro, além de uma instalação criada por Lucia Koch no átrio central especialmente para essa exibição, Cruzamentos é o resultado de mais de três anos de pesquisas e viagens feitas pela equipe do Wexner Center para o Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Belo Horizonte, bem como outros centros urbanos menos visitados no Brasil. Com 80 obras de arte elaboradas por 35 artistas (muitas das quais nunca exibidas ou ainda não expostas amplamente nos EUA), trabalhando praticamente em todos os gêneros e numa ampla gama de práticas artísticas, Cruzamentos representa a maior exposição de arte contemporânea brasileira já apresentada na América do Norte.

A exposição foi possível graças a uma generosa doação para o Centro Wexner feita pela Fundação Andrew W. Mellon , em 2011, o que permitiu o Wex dirigir um olhar profundo para a cultura de artes visuais e para a mídia contemporânea do Brasil, concentrando-se nos quase 30 anos de produção artística desde a queda da ditadura em 1985. A iniciativa—intitulada Via Brasil—também inclui uma grande série de filmes, uma página web (www.wexarts.org/viabrasil), uma tradução dos textos escritos pelo crítico de cinema Paulo Emílio Sales Gomes, um simpósio acadêmico, um seminário de pós-graduação na Universidade de Ohio State, e eventos de artes cênicas, entre outros projetos.

Co-curada por Jennifer Lange, curadora do Programa de Estudos de Filme/Vídeo do Wexner Center, e Bill Horrigan, curador geral do centro, juntamente com o distinto historiador de arte contemporânea e curador independente Paulo Venâncio Filho (professor na Universidade Federal do Rio de Janeiro), Cruzamentos apresenta obras de artistas que são relativamente jovens, conhecidos e altamente respeitados no Brasil, embora  alguns desses artistas ainda não tenham reconhecimento global. Cruzamentos inclui uma ampla gama de práticas artísticas—pintura, instalações, fotografia, escultura e obras de imagens em movimento—algumas das quais estão sendo produzidas especificamente para a exposição. Os artistas visuais no Brasil circulam livre e urgentemente entre vários meios, e Cruzamentos reflete esse impulso de improvisação, como a exposição que faz o reaproveitamento igualmente distinto de materiais não tradicionais, muitas vezes utilizando objetos domésticos de forma inesperada, mas ao mesmo tempo fascinante.

A directora do Wexner Center, Sherri Geldin afirma: “Muito do que o mundo conhece sobre a cultura brasileira tem raízes nos movimentos de ‘neo- concretismo’ ou ‘tropicália’ dos anos 50 e 60—ambos permanecem incrivelmente influentes hoje em dia. Ao conceber Cruzamentos, os curadores do Wexner Center optaram por se concentrar na arte visual e mídia criadas ao longo dos últimos 30 anos—durante um período de significativa transição política, econômica e social. E enquanto feiras internacionais de arte, bienais e outros eventos afins têm chamado a atenção do mundo para um grupo seleto de artistas brasileiros ativos hoje, esta exposição pretende enfocar um grupo de artistas e os impulsos culturais mais amplos que circulam dentro dessa nação extremamente complexa e diversificada.”

Lange observa: “A palavra 'cruzamentos' é traduzida literalmente como 'passagens' ou 'encruzilhadas' mas, no Brasil, ela também se refere metaforicamente à mistura de culturas e de etnias que torna o país tão distinto. Cruzamentos tem como objetivo estender essa metáfora para a arte contemporânea, com foco em artistas cujas práticas e influências são tão variadas e híbridas como o terreno social, racial e geográfico do próprio país.”

 

ARTISTAS

Artistas destacados em Cruzamentos incluem Márcio Almeida, Jonathas de Andrade (em residência), Claudia Andujar, Luiza Baldan, Brígida Baltar, Laura Belém, Tatiana Blass, Rodrigo Braga, Gisele Camargo, Leda Catunda, Cia de Foto (um coletivo), Marcelo Cidade, Theo Craveiro, Alexandre da Cunha, José Damasceno, Marcius Galan, Alair Gomes, Fernanda Gomes, Cao Guimarãres, Lucia Koch (em residência), Detanico e Lain, Jac Leirner, Cristiano Lenhardt, Cinthia Marcelle, Vânia Mignone, Beatriz Milhazes, Odires Mlászho, Maria Nepomuceno, Caio Reisewitz, Rosângela Rennó, Dias & Riedweg, Regina Silveira, Adriana Varejão, Erika Verzutti, e Marcia Xavier.

 

EVENTOS RELACIONADOS

Eventos paralelos com Cruzamentos incluem palestras sobre arte, passeios gratuitos na exposição guiados por docentes do Wexner Center e outros, programas para toda a família, um Dia de Apreciação da Faculdade/Staff da Universidade Ohio State apoiado pela Fidelity Investments, programação de artes cênicas, e muito mais. Um grande simpósio sobre arte visual contemporânea brasileira também está previsto para 26 e 27 de Março de 2014, e um simpósio relacionado com o trabalho de Paulo Emílio Sales Gomes está previsto para o outono de 2014.

Chris Stults, curador de filme/vídeo, organizou Cruzamentos: Documentário Contemporâneo Brasileiro, uma grande série de documentários, em paralelo com a exposição. Com quase duas dezenas de longa-metragens e nove curta-metragens, muitos dos quais ainda não foram amplamente exibidos nos Estados Unidos, a série será exibida de fevereiro até abril de 2014 no Wexner Center antes de circular por outras cidades do pais.

 

CATÁLOGO

Um catálogo totalmente ilustrado, com secções em português e inglês, acompanhará Cruzamentos, com ensaios escritos por Venâncio Filho, Lange, Horrigan e Stults, e também por Cristiana Tejo, curadora independente brasileira e ex-diretora do Museu de Arte Moderna Aloíso Magalhães em Recife. O catálogo também incluirá verbetes sobre artistas individuais (muitos dos quais foram escritos por Denise Carvalho—historiadora da arte brasileira e estudante de pós-doutorado convidada por Via Brasil) e também incluirá a documentação de três residências criativas para cineastas e artistas de vídeo brasileiros centrais para a iniciativa Via Brasil: dois de artistas representados em Cruzamentos (Jonathas de Andrade e Lucia Koch) e um de Gabriel Mascaro, selecionado como o resultado de uma colaboração institucional entre o Wexner Center e o festival de vídeo paulistano Videobrasil (a primeira colaboração realizada por Videobrasil com uma instituição norte-americana). Por causa da importância reconhecida dos projetos elaborados especificamente para o Wexner, o catálogo de Cruzamentos, de 200 páginas, está programado para aparecer durante o período da exposição, para permitir a documentação fotográfica das obras expostas nas galerias do Centro.

 

INFORMAÇÃO PARA VISITANTES

Cruzamentos poderá ser visto de 1 de fevereiro a 20 de abril de 2014 no Wexner Center for the Arts, localizado na High St. numero 1871 norte (esquina com 15a avenida ) no campus da Universidade do Estado de Ohio, em Columbus, Ohio. As horas da galeria são de terças-feiras a quartas-feiras e domingos de 11:00-18:00; quintas-feiras a sábado 11:00-20:00; fechada segundas-feiras. A entrada custa US $8 para adultos (18-64); é gratuita para os membros Wexner Center, estudantes universitários, visitantes menores de 18, grupos escolares e visitantes com um ingresso para um filme ou performance no Wex naquele dia, US $6 para os idosos (65 anos ou mais), os grupos não-escolares de 10 ou mais, e os professores/staff de Ohio State com um BUCK ID; gratuito para todos quinta-feira de 4 a 8 horas da tarde e também gratuito no primeiro domingo do mês. Informações sobre rotas de ônibus, estacionamento, o café e acessibilidade: /visit/location-and-directions or (614) 292-3535.

 

APOIO DA SÉRIE

Cruzamentos: Documentário contemporâneo brasileiro é organizado pelo Wexner Centro para as Artes.

A série fílmica Via Brasil foi possibilitada pela  Fundação Andrew W. Mellon. Com apoio prestado por Morgan Stanley.

Co-patrocinado por Ohio State’s Center for Latin American Studies (Centro de Estudos Latino-Americanos da Universidade do Estado de Ohio).

Agradecimento especial à Embaixada do Brasil em Washington, DC. por sua valiosa orientação e assistência na promoção do Via Brasil entre os seus muitos constituintes.


Contatos de Mídia: Erik Pepple, epepple@wexarts.org ou 614-292-9840, ou Jennifer Wray, jwray@wexarts.org ou 614-247-6241

 

 

 

Low-resolution press image selection

Images are for use with this exhibition only, and must not be stored for future use after the exhibition has ended. Images must not be cropped, edited, overlaid with text, or altered in any way without prior consent from the artist. The artist and the gallery must be credited as given. For hi-res images, a broader selection, or more information, please contact Jennifer Wray at (614) 247-6241 or Erik Pepple at (614) 292-9840.

1.
Dias & Riedweg, O Espelho e a Tarde, 2011
Dias & Riedweg, O Espelho e a Tarde, 2011

Video
8 mins., 42 secs.
Courtesy of the artists and Galeria Vermelho, São Paulo
2.
Laura Belém, Venice of Brazil, 2007
Laura Belém, Venice of Brazil, 2007

Wood, water, polystyrene, metal support, acrylic paint, portable fans
4,00 x 3,00 x 1,65 m
Photographer: Edouard Fraipont
Courtesy of the artist and Galeria Luisa Strina
3.
Luiza BaldanUntitled (from the Pinturinhas series), 2009Inkjet on cotton print33.5 x 43”Courtesy of the artist
Luiza Baldan
Untitled (from the Pinturinhas series), 2009
Inkjet on cotton print
33.5 x 43”
Courtesy of the artist
4.
Rodrigo Braga, Tônus 1, 2012
Rodrigo Braga, Tônus 1, 2012

Still from video
8:53 mins.
Color and sound
Courtesy of the artist and Galeria Vermelho, São Paulo